quinta-feira, 22 de setembro de 2016

22 de setembro 2016. Papo Com Du. QUINTA QUE SEGUE E O SHOW? ESSE VAI SEMPRE CONTINUAR!!!

PENSAMENTO DO DIA
Não adie uma alegria”
JOGOS ABERTOS: ANA TÉRCIA E ROGÉRIO VÃO EM BUSCA DO OURO!

A penapolense Multicampeã Ana Tércia e seu guia Rogério Franco irão buscar a medalha de número 50 nos Jogos Abertos do Interior.

A atleta paralímpica Ana Tércia Soares nesta quinta feira (22/09/16) competirá às provas de atletismo ACD (Atletas Com Deficiência) válidas pela 80ª edição dos Jogos Abertos do Interior “Baby Barioni”, que estão sendo realizados em São Bernardo do Campo, SP. Ana e seu guia e treinador Rogério Franco defenderão os títulos das provas de 200m, 400m e 1500m rasos da classe T11, conquistados nos Jogos Regionais em Julho.
A competição, que será realizada no centro de Treinamento Osvaldo Terra, marcará a 11ª participação da multiatleta em Jogos Abertos na carreira, com 47 medalhas conquistadas, sendo 41 de ouro e 6 de prata, fazendo da Ana uma das maiores campeãs do torneio nos últimos anos. Além do atletismo, a atleta deficiente visual também disputou provas na natação. Por 8 anos ela representou São José do Rio Preto, através do Clube Amigos dos Deficientes (CAD) e há 3 anos representa a cidade de São Bernardo do Campo por meio da Associação de Pais e Amigos do Deficiente Visual (APADV).
“Sempre é um desafio disputar os Abertos porque as cidades contratam os melhores atletas do país para representá-las. Ainda mais quando corro as provas uma atrás da outra, com pausa de menos de 30 minutos, outra razão para a superação”, comenta Ana. Ela ainda completa: “prometo fazer o meu melhor e mostrar que estou sempre pronta para praticar o que mais amo: esporte em alto nível”.

Patrocínios: ASPERBRAS, UNIMED Penápolis.
Parcerias: Clube de Campo Lago Azul, Academia Saikoo, Trifosfato Fisiologia do Esporte, Aoo suplementos energéticos, Assessoria Samuel Borges, Não Mais Pêlo, Clínica Bem Estar, Cruzeiro Bikes e Clínica Avançada de Odontologia e Estética.
Apoio: Consultoria Sállus - Treinador Rogério Franco

FUTSAL: IRÃ SE CLASSIFICA Á SEMI!


Como esperado, o Irã seria uma pedreira nas oitavas de final da Copa do Mundo de Futsal. Só que as dificuldades foram maiores do que o esperado. Brasil perdeu para o Irã nas cobranças de pênaltis por 3 a 2 após um 4 a 4 na prorrogação e está eliminado do Mundial com sua pior campanha em toda a história. Cinco vezes campeão do torneio, o Brasil tinha como pior resultado até então havia um terceiro lugar em 2004 realizado em Taiwan.
Confira outros jogos desta quarta-feira:
Espanha 5 x 2 Cazaquistão
Portugal 4 x 0 Costa Rica
FUTSAL: A DESPEDIDA DO MITO!
A derrota para o Irã nos pênaltis marcou o fim de um ciclo, deixando órfãos uma legião de fãs. Aos 39 anos, Falcão jogou o seu último Mundial, uma vez que o craque acredita não ter condições de disputar uma Copa do Mundo aos 43 anos, em 2020. Com cinco participações no torneio, o camisa 12 soma dois títulos, duas Bolas de Ouro FIFA e 48 gols, número que o dá o status de maior artilheiro da história da competição. 
Autor de três gols no empate em 4 a 4 com os iranianos, Falcão ainda foi ovacionado pelos rivais. Isso sim é um “MITO”!
COPA DO BRASIL
Seis times que avançaram até o momento para próxima fase da Copa do Brasil foram: Corinthians, Santos, Atlético (MG), Grêmio, Palmeiras e Cruzeiro.
JUDÔ: MATEUS CONTINUA CONQUISTANDO MEDALHAS!
O jovem Mateus Alves Moreira participou na cidade de Ribeirão Preto da 23ª Copa Corpore Sano de Judô, uns dos eventos mais importantes do judô no interior do estado, se consagrando campeão de sua categoria, (sub 11 até 50 Kg) realizando 5 lutas e vencendo todas, com as três últimas finalizando por Ypon.
 Saindo de Ribeirão Preto, Mateus viajou com sua família para cidade Avaré onde disputou o torneio da Associação Lex de Judô, se consagrando campeão em sua categoria.
Mateus está treinando forte para a Copa Paraná que será realizada dia 01-10, na cidade de Curitiba-PR.


Mateus treina com os senseis Marcelo Kiwada da AJA de Araçatuba e Thiago Chiodi da Academia Águias do Judô de Lins, ainda conta com o acompanhamento da personal trainer Simone Estrada do Clube Penapolense, as fisioterapeutas Dra. Kathilen Benetti, Dra. Renata Videira, da Odontopen Fisioterapia de Penápolis que o auxiliam na parte física e apoio do psicólogo esportivo Júlio Ribeiro.

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

21 de setembro 2016. Papo Com Du. QUARTA QUE SEGUE E O SHOW? ESSE VAI SEMPRE CONTINUAR!!!

PENSAMENTO DO DIA
Trate os outros como gostaria de ser tratado”!

PARALIMPÍADA JÁ DEIXA SAUDADE


A penapolense Lívia Sader uma amante da Paralimpíada em especial do rugby em cadeira de rodas esteve presente em todos os jogos do Brasil no Rio de Janeiro, prestigiando os atletas que todos os anos desfilam suas técnicas em nossa cidade Penápolis, em um evento, no qual, sua irmã Letícia Sader já faz com tradição. Show de bola Lívia e Letícia!

VÔLEI DE PRAIA: SOMOS OURO E PRATA!


O Brasil deu show na decisão do Swatch Beach Volleyball FIVB World Tour Finals Toronto (Canadá). Em um jogaço muito disputado, Alison e Bruno Schmidt levaram a melhor sobre Pedro Solberg e Evandro por 2 sets a 0 (21/19, 21/19), ficando com o bicampeonato do torneio. Que temporada, hein? Hino e bandeira verde e amarela sempre no lugar mais alto do pódio. Brasil, país do vôlei! Pensem nisso?

FUTEBOL AMERICANO: O SHOW VAI CONTINUAR!!!
O Philadelphia Eagles começa muito bem a temporada da NFL. Na noite de segunda-feira, a equipe visitou o Chicago Bears, no Soldier Field, em Chicago, e conquistou uma sólida vitória por 29 a 14, no duelo que encerrou a segunda semana da temporada regular da liga. Após um primeiro tempo equilibrado e amarrado, o Philadelphia Eagles deslanchou depois do intervalo e não deu chances para o Chicago Bears, conseguindo o triunfo com autoridade fora de casa.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

19 de setembro 2016. Papo Com Du. SEGUNDONA QUE SEGUE E O SHOW? ESSE VAI SEMPRE CONTINUAR!!!

PENSAMENTO DO DIA
Olhe sempre as pessoas nos olhos”!

PARALIMPÍADA: FESTA DE ENCERRAMENTO!


O Rio de Janeiro se despediu dos Jogos Paralímpicos na noite de domingo. Na cerimônia de encerramento, no Maracanã, chegou ao fim um ciclo de megaeventos realizados no Brasil nos últimos anos com uma chama que se apagou e espera para reluzir novamente em Tóquio 2020. O craque Ricardinho do futebol de cinco carregou a bandeira brasileira. Parabéns aos atletas brasileiros que fizeram bonito terminando em 8º lugar na classificação geral com 14 medalhas de ouro, 29 prata, 29 bronze, totalizando 72 medalhas no total.
PARALIMPÍADA: VÔLEI SENTADO FEMININO DO BRASIL LEVA O BRONZE!


Foi completa a festa na arquibancada lotada do Pavilhão 6 do Riocentro. Neste sábado, as brasileiras foram embaladas pela torcida para alcançar uma conquista inédita no vôlei sentado: o bronze na Paralimpíada do Rio de Janeiro. Em mais uma partida inspirada de Janaína, o Brasil dominou a Ucrânia, venceu sem sustos por 3 sets a 0 - parciais de 25/12, 25/22 e 25/20. Estados Unidos ficaram com o título após atropelar a China na final.

PARALIMPÍADA: VÔLEI SENTADO GIGANTE GARANTE OURO PARA O IRÃ!
Um dia após a morte do ciclista Bahman Golbarnezhad, o Irã ganhou um motivo para sorrir na Paralimpíada. Os iranianos destronaram a Bósnia-Herzegovina, então campeã mundial e paralímpica no vôlei sentado com uma vitória por 3 sets a 1 (25/21, 21/25, 25/18 e 25/15). A conquista foi liderada por Morteza Mehrzad. Segundo homem mais alto do mundo, o gigante de 2,46m de altura foi o maior pontuador do jogo, com 28 acertos. O Egito completou o pódio depois de vencer o Brasil horas antes. Após a premiação, Mehrzad fez questão de dedicar o título a Golbarnezhad.

BRASILEIRÃO: 26ª RODADA!
Corinthians 0 x 2 Palmeiras
Flamengo 2 x 0 Figueirense
Cruzeiro 1 x 1 Atlético (MG)
Grêmio 0 x 1 Fluminense
Atlético (PR) 1 x 0 São Paulo
Chapecoense 2 x 2 Ponte Preta
Sport 0 x 1 Coritiba
Vitória 0 x 1 Botafogo
Santos 3 x 2 Sta Cruz
América (MG) x Internacional

CLASSIFICAÇÃO

1º Palmeiras 51 pontos
2º Flamengo 50 pontos
3º Atlético (MG) 46 pontos
4º Santos 45 pontos
5º Corinthians 41 pontos
6º Fluminense 40 pontos
7º Atlético (PR) 39 pontos
8º Ponte Preta 39 pontos
9º Botafogo 38 pontos
10º Chapecoense 38 pontos
11º Grêmio 37 pontos
12º São Paulo 34 pontos
13º Coritiba 33 pontos
14º Sport 30 pontos
15ºCruzeiro 30 pontos
16º Vitória 29 pontos
17º Figueirense 28 pontos
18º Internacional 27 pontos
19º Sta Cruz 23 pontos
20º América (MG) 15 pontos


PALPITÃO DO DU

Corinthians 2 x 0 Palmeiras Errei
Flamengo 1 x 0 Figueirense Acertei
Cruzeiro 1 x 2 Atlético (MG) Errei
Grêmio 1 x 0 Fluminense Errei
Atlético (PR) 1 x 0 São Paulo Acertei no Alvo
Chapecoense 1 x 0 Ponte Preta Errei
Sport 2 x 0 Coritiba Errei
Vitória 1 x 2 Botafogo Acertei

Santos 4 x 1 Sta Cruz Acertei

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

16 de setembro 2016. Papo Com Du. SEXTA QUE SEGUE E O SHOW? ESSE VAI SEMPRE CONTINUAR!!!

PENSAMENTO DO DIA

“A boa educação é moeda de ouro e em toda parte tem valor”. P. Vieira.

PARALIMPÍADA: O MUNDO SE ENCANTOU COM O ESPORTE QUE OS PENAPOLENSES JÁ CONHECEM BEM!


As torcidas brasileiras e mundiais descobriram e se encantaram por mais esportes nesta Paralimpíada do Rio. O Brasil estreou no rugby em cadeira de rodas na última quarta-feira contra o Canadá. Perdeu por 62 a 48, mas o resultado não diminuiu a diversão de quem foi à Arena Carioca 1, no Parque Olímpico. Cada gol era bastante comemorado, mesmo a seleção estando bem atrás no placar. As arrancadas provocavam vibração, e as batidas entre as cadeiras lembrava no ato os carrinhos de bate-bate dos parques de diversão. A participação da torcida, que praticamente lotou os 10 mil lugares da arena que recebeu o basquete na Olimpíada, deixou os jogadores surpresos. Vale ressaltar que através da nossa ilustre penapolense Letícia Sader recebemos em Penápolis todos os anos o evento de Rugby em Cadeira de Rodas. Mais um ponto positivo é que o técnico da seleção brasileira é penapolense Rafael Botelho.
PARALIMPÍADA: POE MAIS UMA MEDALHA DE PRATA NA CONTA!


Nada mais emblemático do que a melhor campanha do Brasil em número de medalhas nos Jogos Paralímpicos sair das braçadas do atleta mais premiado da história do país. Depois do primeiro dia de descanso na competição, Daniel Dias voltou para a piscina do Estádio Aquático para conquistar sua sexta medalha nesta Paralimpíada, a 21ª da carreira e a 48ª do Brasil no Rio, superando as 47 de Pequim 2008 - até então o melhor resultado da história. O astro de 28 anos dividiu a missão com Andre Brasil, Ruiter Silva e Phelipe Rodrigues, o quarteto que levou a prata na final do revezamento 4x100m livre até 34 pontos.
Revezamento é algo diferente. Natação é um esporte muito individual. E, quando tem um revezamento, é a chance de a gente mostrar o valor do grupo, o quanto o grupo está unido e o quanto é bom estar nadando ao lado desses caras aí. Para mim, é um privilégio nadar esse revezamento com eles, disse Daniel.
Show de bola!

PARALIMPÍADA: BASQUETE IRÁ DISPUTAR 5º LUGAR!

O empurrãozinho da torcida ajudou e muito o Brasil, porém não foi suficiente para segurar Ozgur Gurbulak, cérebro da equipe turca. A seleção brasileira de basquete em cadeira de rodas lutou, mas parou diante da Turquia nas quartas de final da Paralimpíada Rio 2016. Os turcos venceram por 65 a 49 .
No sábado, às 15h15, o Brasil volta à quadra para disputar o quinto lugar contra a Austrália. Mais cedo, às 9h30, Alemanha e Holanda se enfrentam pelo sétimo lugar. 


quinta-feira, 15 de setembro de 2016

15 de setembro 2016. Papo Com Du. QUINTA QUE SEGUE E O SHOW? ESSE VAI SEMPRE CONTINUAR!!!

PENSAMENTO DO DIA

O pensamento e a palavra têm poder curador.
O corpo é o veículo através do qual se
manifestam, no plano terrestre, o espírito e
a alma, da qual o corpo é apenas o reflexo
materializado”! Carlos Torres Pastorino.

PARALIMPÍADA: MAIS UM OURO NO REVEZAMENTO!


Com direito a recorde paralímpico, o Brasil conquistou o ouro no revezamento 4x100 m da classe T11-T13 (para atletas com deficiência visual) ao dominar a final nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, no Engenhão.
Os atletas Diogo Jerônimo da Silva, Gustavo Araújo, Daniel Silva (com o guia Heitor Oliveira Sales) e Felipe Gomes (com o guia Jonas Silva) completaram a prova em 42s37 superando a China, que se atrapalhou na passagem do bastão e ficou com a prata com 43s05. O Uzbequistão acabou com o bronze (43s47).
O recorde paraolímpico anterior pertencia à equipe russa em Londres-2012 (42s66), que não está no Rio de Janeiro por conta do banimento do país do evento por causa do escândalo de doping. Os russos também ostentam o recorde mundial, conquistado em 2015: 42s11.

JUDÔ: JOVEM MATEUS MOREIRA É OURO!


O jovem penapolense Mateus Moreira de 10 anos disputou a 2º Copa de Judô da cidade de Presidente Venceslau (03-09) subindo ao lugar mais alto do podium e levando a medalha de ouro.

Mateus treina com os senseis Marcelo Kiwada da AJA de Araçatuba e Thiago Chiodi da Academia Águias do Judô de Lins, contacom uma equipe de profissionais qualificados que lhe dão total desempenho: a personal Simone Estrada do Clube Penapolense, as fisioterapeutas Dra. Kathilen Benetti, Dra. Renata Videira, da Odontopen Fisioterapia de Penápolis e o psicólogo esportivo Júlio Ribeiro.


JUDÔ: MOREIRINHA É CAMPEÃO SÊNIOR!

O penapolense Luis Carlos Moreira (Moreirinha) se consagrou campeão de Judô do 2º Open Paulista (SP), categoria até 60kg, acima de 50 anos. A conquista dessa honrosa medalha aconteceu no último final de semana. Vale ressaltar a dedicação e o profissionalismo de Moreirinha que serve de espelho para muitos jovens. Moreirinha conta com o apoio da Padaria e Confeitaria 2 Irmãos, Banca Tico e Teco, Casa de Carnes Tubiatan e Secretaria Municipal de Esportes de Penápolis.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

13 de setembro 2016. Papo Com Du. TERÇA QUE SEGUE E O SHOW? ESSE VAI SEMPRE CONTINUAR!!!

PENSAMENTO DO DIA
Nada é mais simples do que a nobreza; na verdade, ser simples e ser nobre”. Ralph Waldo.


PARALIMPÍADA: BOCHA É OURO!


O conjunto brasileiro formado por Antonio Leme e Evelyn de Oliveira conquistou a medalha de ouro na bocha classe BC3. Nesta segunda-feira (12), o grupo brasileiro venceu o time da Coreia do Sul por 5 a 2.
A vitória vem como uma espécie de revanche para o time brasileiro. Na fase de grupos, eles foram derrotados pela Coreia do Sul por 4 a 1. Esse foi o único revés dos donos da casa na competição.
Essa foi a primeira medalha de ouro do Brasil na bocha na atual edição dos Jogos Paraolímpicos. Mais cedo, Dirceu Pinto, Eliseu Santos e Marcelo Santos ficaram com a prata na classe BC4, ao serem derrotados pela Eslováquia por 4 a 2.
Na edição de 2012 dos Jogos Paraolímpicos, o conjunto sul-coreano terminou na quarta colocação, ao perder a disputa do bronze para a Bélgica.
Na classe BC3, os atletas competem em cadeira de rodas e podem ser ajudados por outra pessoa durante a competição.
PARALIMPÍADA: LANÇAMENTO DE DISCO É OURO!
O brasileiro Alessandro Silva, conhecido como Gigante, conquistou a medalha de ouro no lançamento de disco da classe F11 (cego total), nesta segunda-feira (12), nos Jogos Paraolímpicos. Ele também bateu o recorde paraolímpico ao anotar a marca de 43,06 m.
A medalha de prata ficou com o italiano Oney Tapia, que fez 40,89 m, enquanto o bronze foi para o espanhol David Sierra, com 38,58 m.
"É inexplicável. Além do ouro, foi recorde paralímpico. Ganha quem erra menos. Errei menos e fui feliz. Tinha uma pressão (por ser líder do ranking mundial). Sabia que os adversários iam vir com tudo. Vim para fazer meu melhor e a medalha era consequência. Se eu não deixasse o nervosismo me afetar, com certeza iria muito bem. Fui muito mal nos dois primeiros lançamentos, mas como só precisa de um para ganhar, esse um veio (risos)", declarou.
Anteriormente, o brasileiro já havia sido bicampeão parapanamericano em 2015.

PARALIMPÍADA: BASQUETE!


O Brasil entrou em quadra virtualmente classificado, uma vez que apenas uma derrota por 61 pontos para a Alemanha decretaria a eliminação precoce na primeira fase do basquete em cadeira de rodas masculino. Com apenas uma vitória até aqui, os alemães precisavam vencer a todo custo para passar de fase. Sem conseguir jogar o seu melhor basquetebol, os brasileiros acabaram superados por 73 a 61 e avançaram na terceira colocação do grupo B.
A adversária nas quartas será a Turquia, vice-líder do grupo A e que derrotou o Canadá por 67 a 46 nesta segunda. O duelo entre brasileiros e turcos será nesta quarta-feira, às 21h. Os demais confrontos das quartas são: Estados Unidos (1º do B) x Holanda (4º do A),  Espanha (1º do B) x Alemanha (4º do A) e Grã-Bretanha (2º do B) x Austrália (3º do A).

PARALIMPÍADA: VÔLEI SENTADO FEMININO!


O Brasil venceu a Ucrânia no domingo e se classificou para a semifinal do vôlei sentado feminino, em uma noite inspirada de Janaína, maior pontuadora do jogo com 17 pontos. Apesar de ser domingo à noite, a torcida compareceu ao Pavilhão 6 do Riocentro para apoiar as meninas que buscam sua primeira medalha paralímpica no Rio de Janeiro. Depois de uma vitória arrasadora contra o Canadá na estreia, a equipe repetiu o feito e conquistou a liderança do Grupo A ao derrotar as ucranianas por 3 sets a 0, parciais de 25/19, 25/20 e 25/14. 


PARALIMPÍADA: GIGANTE DO IRÃ FAZ A DIFERENÇA!


O Irã estreou com vitória sobre a China pelo Grupo B do vôlei sentado masculino. O time, que é um dos favoritos ao ouro no Rio, contou com a habilidade de Morteza Mehrzad, um dos homens mais altos do mundo. O Irã fez 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 25/13 e 25/14 em 1h03. 
Com 2,46m, Mehrzad começou a partida no banco de reservas e, talvez por isso, o primeiro set foi o mais equilibrado do jogo: 25/22 em 24 minutos. No segundo, já com o gigante de 28 anos em quadra, o placar chegou a marcar 19 a 8 para o Irã em 16 minutos de jogo. Morteza Mehrzad tem acromegalia, síndrome causada pelo aumento de hormônio de crescimento. Aos 16 anos, Morteza caiu de uma bicicleta e fraturou a pélvis, o que resultou em uma diferença no tamanho de suas pernas, a esquerda é 15cm mais longa. O Irã não está no mesmo grupo do Brasil, mas os dois podem se enfrentar na semifinal ou mesmo na final da Paralimpíada.


BRASILEIRÃO: 24ª RODADA
Vitória 1 x 2 Flamengo
São Paulo 3 x 1 Figueirense
Chapecoense 1 x 0 Coritiba
Santos 2 x 1 Corinthians
Cruzeiro 0 x 2Botafogo
Atlético (PR) 2 x 1 Internacional
Sport 5 x 3 Sta Cruz
Grêmio 0 x 0 Palmeiras
Ponte Preta 1 x 1 América (MG)

CLASSIFICAÇÃO

1º Palmeiras 47 pontos



2º Flamengo 46 pontos

3º Atlético (MG) 42 pontos



4º Corinthians 40 pontos



5º Santos 39 pontos



6º Grêmio 37 pontos



7º Atlético (PR) 36 pontos



8º Botafogo 35 pontos



9º Ponte Preta 35 pontos




10º Fluminense 34 pontos




11º Chapecoense 34 pontos




12º São Paulo 31 pontos




13º Sport 30 pontos




14º Cruzeiro 29 pontos




15º Coritiba 29 pontos




16º Internacional 27 pontos




17º Figueirense 27 pontos




18º Vitória 26 pontos



19º Santa Cruz 20 pontos



20º América (MG) 13 pontos


sexta-feira, 9 de setembro de 2016

09 de setembro 2016. Papo Com Du. SEXTA QUE SEGUE E O SHOW? ESSE VAI SEMPRE CONTINUAR!!!

PENSAMENTO DO DIA
“Necessitamos mais de humildade, do que de máquinas”. Charles Chaplin.

PARALIMPÍADA: DANIEL DIAS O MAIOR!


Maior medalhista do Brasil na história dos Jogos Paraolímpicos, Daniel Dias, 28, conheceu nesta quinta-feira (08) o pódio da Rio-2016. O nadador venceu os 200 m livre da categoria S5, prova em que detém o recorde mundial e já havia conquistado o ouro em Pequim-2008 e Londres-2012. Com isso, abriu caminho para a meta pessoal de se tornar o recordista de pódios nas piscinas paraolímpicas em todos os tempos.
"A vibração da torcida foi a maior emoção que senti na piscina. Meu coração parecia que ia subir pela garganta e sair pela boca", descreveu o brasileiro à reportagem após a prova.
Foi o segundo ouro do Brasil na Rio-2016 (o país também conseguiu uma prata). A meta do CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro) é incluir entre os donos da casa entre os cinco primeiros no quadro de medalhas orientado pelo número de vitórias.
PARALIMPÍADA: DA CIDADE DE TRÊS LAGOAS PARA O MUNDO!

O Brasil ganhou a primeira medalha de ouro nos Jogos Paralímpicos 2016 com Ricardo Costa de Oliveira conquistando o ouro no salto em distância na categoria T11 (cego total).
O brasileiro venceu no último salto, quando alcançou a marca de 6 metros e 52 centímetros. Ricardo, 34 anos, é natural de Três Lagoas (MS). Deficiente visual, o atleta começou a ter dificuldade para enxergar aos 2 anos. Há 20 anos descobriu que tinha a doença de Stargardt, já em estágio avançado, que o deixou totalmente cego.
O atleta iniciou no esporte com corridas de rua e depois passou para as provas de pista de atletismo. Competiu pela primeira vez internacionalmente no ano passado, no Mundial de Doha, no Catar.
 No começo se alternava com a irmã no uso de uma mesma sapatilha de treino, hoje exibe uma medalha no peito enquanto torce para que a mais nova Silvânia repita seu feito.

BRASILEIRÃO: 24ª RODADA
Jogo deste sabadão que segue!
Vitória x Flamengo 18h30
Jogos do domingo!
São Paulo x Figueirense 11h
Chapecoense x Coritiba 11h
Santos x Corinthians 16h
Cruzeiro x Botafogo 16h
Atlético (PR) x Internacional 16h
Sport x Sta Cruz 16h
Grêmio x Palmeiras 18h30
Ponte Preta x América (MG) 18h30
Jogo de segunda-feira!
Fluminense x Atlético (MG) 20h